Reitoria
início do conteúdo

Coordenação do NUMDI alinha trabalhos com parceiros externos em 2ª Reunião Ordinária

Publicado em: Reitoria / 7 de Junho de 2018 às 16:45

A coordenação geral do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro, Indígena e de Fonteira - Maria Dimpina Lobo Duarte, (NEABI/NUMDI), do IFMT se reuniu, pela segunda vez este ano, na quarta-feira (06), sob a presidência do reitor, Willian de Paula, para alinhar os trabalhos do Núcleo e construir alianças externas para formar uma sólida rede de atuação.

“Nos reunimos com uma pauta extensa para discutir várias ações com vistas a projetar o instituto federal dentro da temática da inclusão, através das relações étnico-raciais, indígenas e dos povos de fronteiras. Temos de, cada vez mais estreitar laços e fortalecer as políticas internas dialogando com as políticas externas que vislumbram as questões que o NUMDI vem trabalhando”, avaliou o reitor.

Além dos membros internos, a reunião contou com a presença do defensor público de Direitos Humanos de Mato Grosso, Roberto Tadeu Vaz Curvo, representante dos membros externos, que teve a oportunidade de conhecer o papel e a missão do NUMDI e também trouxe a proposta de projeto de Formação Inicial e Continuada de Defensoras e Defensores Populares para ser analisado e a ser colocado em prática a partir de 2019.

“Contamos com a presença do defensor Roberto, representante dos membros externos no Numdi, que vem com ideias para somar e fortalecer parcerias vislumbrando ações de extensão e pesquisa com cursos de formação inicial e continuada para as pessoas que realmente precisam, para que, assim, possamos fazer a diferença na vida delas. Foi uma reunião muito proveitosa, com proposições de ações e entendo que elas sairão do papel e projetarão o instituto federal em uma vanguarda de ações que os NEABIS vem desenvolvendo nessa temática”, completou Willian de Paula.

A Diretora de Planejamento Executivo do IFMT Gláucia Mara de Barros, também destacou como ponto principal a deliberação das atividades que serão desenvolvidas pelo núcleo, envolvendo servidores da instituição e servidores externos, por meio de parcerias. “Nosso objetivo é colocar o IFMT a serviço da sociedade. Serão desenvolvidos projetos importantes até o final deste ano e o Numdi será um apêndice do instituto federal, trabalhando a inclusão, o resgate da cidadania e, especialmente, da cuiabania que está esquecida”, afirmou a diretora.

A pesquisadora do NUMDI Maristela Abadia Guimarães listou, entre as ações previstas, não só para este ano como para o ano seguinte, publicações, projetos de pesquisa e, principalmente, o envolvimento da comunidade nas ações do núcleo.

“Como membro da coordenação geral ele traz a experiência em questões de humanidades ao mesmo tempo em que traz o trabalho na área de Direito na defesa dos direitos humanos. Defender esses direitos é um dos papeis do NUMDI. Desde o início dos diálogos ele demonstrou a vontade de compor conosco e desenvolver ações conjuntas. E já trouxe esse projeto de formação inicial e continuada, que já foi desenvolvido pela Defensoria Pública do Estado do Paraná em conjunto com o Instituto Federal do Paraná”, detalhou Maristela.

O defensor contou que se encontrará com o colega do Paraná em um evento próximo e pretende aprofundar o diálogo sobre o trabalho realizado naquele estado. “Falaremos sobre a implantação, as dificuldades enfrentadas, para que possamos construir aqui e avançar com acertos”, considerou Roberto Tadeu.

Workif - Outras frentes de trabalho serão a discussão da comissão de verificação de cotas, verificação de cotas e a participação em eventos como as Jenpex, e o Workif. Durante este evento, o NUMDI terá programação paralela quando discutirá Cinema Negro; também será realizada oficina com o tema: Pensar a inovação tecnológica: construção de equipamentos cinematográficos com materiais reutilizáveis, ministrada pelo oficineiro Hugo Lima, do Rio de Janeiro que já realizou a oficina em outros países. Haverá também Encontro com os membros do NUMDI.

Participaram da reunião, o pró-reitor de Pesquisa, Wander Miguel de Barros, representando o pró-reitor de Extensão, Marcus Taques, o servidor Bruno José Coutinho, e representando a diretora de Graduação da pró-reitoria de Ensino, Marilane Alves Costa, a servidora Maria Anunciata Fernandes.

Marcadores: ifmt_1 neabinumdi

Arquivos relacionados

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

Avenida Sen. Filinto Müller, 953 - Bairro: Duque de Caxias - CEP: 78043-400

Telefone: (65) 3616-4100

Cuiabá/MT